Como funciona a demissão por acordo, de acordo com a reforma trabalhista?


Demissão consensual


Com a entrada em vigor da reforma trabalhista, o acordo entre patrão e empregado é legalizado, sendo possível sair da empresa recebendo 20% da multa do FGTS . Além desse benefício o empregado também poderá sacar 80% do FGTS.


Na lei atual, existem duas situações: Quando o trabalhador é demitido por justa causa ou pede demissão, não tem direito a multa sobre os recursos do fundo de garantia nem pode sacá-lo.


Se é demitido sem justa causa, recebe a multa de 40% do saldo e pode retirar 100% do FGTS.


A reforma trabalhista traz a possibilidade de empregador e empregado chegarem num acordo que será vantajoso para ambos.


Caso tenha dúvidas , contacte-nos pelo whats : 17 997250321

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square